fbpx
Projeto Floresta Amazônica
A nossa Floresta em pé!
Impacto Social
A biodiversidade local se encontra ameaçada pela degradação das florestas.
Conservação de florestas nativas
Proteção da biodiversidade, redução de emissões de e sequestro de carbono, proteção do solo e preservação dos recursos hídricos
Anterior
Próximo

Sobre o Projeto

Redução das emissões por desmatamento e degradação florestal, conservação florestal, gestão sustentável das florestas e aumento dos estoques de carbono florestal.

O Projeto é resultado de uma parceria entre o VaiViver e a Biofílica , com o intuito de fomentar a conservação florestal e a redução de emissões potenciais de gases de efeito estufa. (GEE) baseado em um modelo de desenvolvimento econômico local que valorize a “floresta em pé”. Os Projetos estão localizados no município de Laranjal do Jari e Vitória do Jari (Estado do Amapá) e Almeirim (Estado do Pará). Essa região possui um papel muito importante  por servir de lar para muitas famílias rurais e como um corredor ecológico, tendo em seu entorno várias Unidades de Conservação (UCs), possuindo uma rica biodiversidade, diversas formações vegetais e espécies de importância ecológica e social.

Desenvolver uma agricultura familiar em simbiose com a floresta é o principal objetivo

Impacto socioambiental na floresta

Apesar da sua enorme importância, a biodiversidade local se encontra ameaçada pela degradação das florestas. Assim, os Projeto REDD+ do Vale do Jari possuem componentes que buscam evitar o desmatamento e minimizar impactos socioambientais, promovendo benefícios ao clima, às comunidades e à biodiversidade.

Mudança Global do Clima

Todas as atividades desenvolvidas pelos projetos visam tomar ações para combater as mudanças climáticas e seus impactos através da redução do desmatamento em suas áreas, tendo o potencial de reduzir 19.800.000 tCO2e de emissão de GEE em 30 anos.

Vida Terrestre

O projeto protege as Áreas de Alto Valor de Conservação (AAVC) e serve de corredor ecológico para áreas preservadas da região. Assim, funciona como uma zona de amortecimento dos riscos e ameaças para o mosaico de áreas protegidas do Norte do Estado do Pará, protegendo 133 espécies de fauna e 54 espécies de flora ameaçadas e evitando um desmatamento de 64.866 hectares de floresta nativa.

Combate a Fome

Pela implantação de sistemas sustentáveis de produção de alimentos e de práticas agrícolas resilientes através do fortalecimento da agricultura familiar de baixo carbono na área, aumentando a produtividade nas unidades de produção familiares, recuperando áreas anteriormente degradadas por meio da implantação de Sistemas Agroflorestais, diversificando a produção agrícola com a implantação de viveiros e garantindo a segurança alimentar para as famílias.​

igualdade de genêro

Todas as atividades dos projetos são abertas e estimuladas para a participação de todos os moradores das comunidades atuantes, principalmente mulheres, jovens e pessoas marginalizadas.

Educação de Qualidade

Os projetos propiciam o acesso à educação por meio de cursos focados em produção, organização social, cooperativismo, liderança e gestão financeira, desenvolvendo habilidades técnicas e profissionais que possibilitam melhores condições de emprego e renda para 305 famílias.

Consumo e Produção Responsáveis

Por meio de ações que incentivam a exploração responsável dos recursos naturais, os projetos fomentam a conservação dos recursos naturais aliado ao desenvolvimento socioeconômico, focando nas cadeias de negócios sustentáveis para melhorar o bem- estar das comunidades locais como resultado das atividades dos projetos.

O local

Desde 2020 firmamos um compromisso com a Floresta, conservar a natureza, desenvolver as pessoas, valorizar a cultura e proteger o planeta!