08

mar
2019

O que nos levou pra São Thomé?

Posted By : Cecilia/ 70 0

Oie, pessoal! Cecília aqui, sou uma das fundadoras do VaiViver e estou nessa equipe desde o comecinho do nosso projeto! Se você quiser saber mais sobre a gente, clique aqui!

Tô vindo contar como começou nossa história com São Thomé das Letras!

No começo de 2018, eu e a Mayumi, colocamos na nossa cabeça que iríamos morar em Minas Gerais. Decidimos isso no dia 30 de dezembro de 2017 e no dia 02 de janeiro de 2018, nos mudamos. Foi uma fase muito boa pro nosso crescimento pessoal, mas bem maluca pro VaiViver, nós estávamos trabalhando muito e sendo pouco produtivas.

Depois de alguns meses, nós decidimos que não queríamos mais aquele estilo estressante de trabalhar e resolvemos voltar para São Paulo: simplesmente arrumamos as nossas malas, colocamos tudo no carro e pé na estrada mais uma vez!

No caminho de volta, vimos uma placa indicando “São Thomé das Letras”, muitas pessoas já tinham nos falado sobre essa cidade, sabíamos que era um lugar bem good vibes, tínhamos tempo e todas as malas no carro, então por que não né? Sim, nós somos duas doidas. Pegamos a entrada, mudamos os planos, a rota e fomos passar o final de semana em São Thomé!

Foi aí que as providências começaram a acontecer.

Chegamos lá de tardezinha, encontramos uma pousadinha super gostosa e bem pertinho do centro, um moço muito simpático nos recebeu (mal sabíamos que ele seria nosso futuro parceiro de hospedagens em São Thomé das Letras), guardamos as malas e fomos correndo aproveitar o imperdível Pôr do Sol da Casa da Pirâmide de São Thomé das Letras.

Esse foi, com certeza, um dos momentos mais marcantes da minha vida: ver o Pôr do Sol de São Thomé das Letras é sem igual, observar a noite cair e o céu mudando de cores, variando com as tonalidades mais doidas nos deu a impressão de que não estávamos na Terra! Sem contar que todo mundo se reúne e parece um mantra, todos na mesma vibração! É lindo demais!

A partir daí, já sabíamos que São Thomé, de fato, seria um lugar marcante pra gente. Acabamos vindo para passar um final de semana e ficamos por mais de uma semana, a cada dia que passava, coisas incríveis iam acontecendo e nós fomos recuperando as energias que estavam quase esgotadas.

Conversando com os nativos de São Thomé, descobrimos várias “lendas” da cidade e vendo como as pessoas de lá lutam para que o lugar se mantenha sempre limpo e preservado, realmente, um recanto da natureza! Tivemos várias evidências do misticismo do lugar e percebemos que São Thomé das Letras é a cidade das sensações, não tem como explicar o que é, é preciso sentir na própria pele!

Um fato muito curioso que aconteceu foi um dia que nós saímos para conhecer a Gruta do Sobradinho e nosso GPS parou de funcionar, não havia sinal de celular, não passava ninguém na estrada e estávamos dirigindo há mais de 20 minutos sem rumo. De repente, DO NADA, sai uma pessoa de um arbusto e acena pra gente na estrada! Era um homem de meia idade, com um ar de hippie e sorriso aberto. Na hora, nós paramos pra pedir informação e ele disse: “Eu sou guia de turismo, claro que posso ajudar vocês!”, eu e a Mayu sentimos uma energia tão boa naquela pessoa, que o convidamos para entrar e ele nos mostrou lugares lindos de São Thomé nos dias seguintes. Essa pessoa é o nosso guia local de turismo até hoje e ele acompanha todas as nossas viagens com grupo para esse destino!

De uma maneira ou de outra, tudo se encaixou, nós estávamos apenas exaustas depois de meses trabalhando em um projeto que não havia dado muito certo, desanimadas com o tempo que havíamos “perdido” e no meio da estrada voltando pra São Paulo, resolvemos pegar a entrada para São Thomé das Letras. Se nós atraímos esse lugar ou se esse lugar nos atraiu, nós não sabemos, mas o que garantimos é que a energia que existe naquele lugar é realmente diferente, São Thomé faz jus a fama de cidade mística por que nós vimos coisas e sentimos sensações que não encontramos em nenhum outro lugar.

São Thomé é a cidade das Pedras, fica cravada sobre cristais de quartzito, os esotéricos dizem que essa energia mística da cidade provem dos cristais que estão no subsolo, há quem diga que é por conta da quântica desses cristais que há tantos extraterrestres em São Thomé (que utilizam dessa energia para reabastecer os discos voadores) e há quem não acredita em nada disso. Nós respeitamos todas as opiniões, mas temos que concordar que São Thomé tem uma vibração realmente diferente! Só vindo e ficando por aqui para sentir!

Se você também passou por experiências incríveis por São Thomé, compartilha conosco, nos mande uma mensagem e conte esse depoimento incrível! Se ainda não conhece, fica de olho nos nossos próximos roteiros para São Thomé clicando aqui!

Um beijo,

Ceci

Deixe seu comentário

Insira um comentário.
Digite seu nome
Digite seu email
Digite um email válido